O que é e o que faz um dentista biológico?

o-que-faz-um-dentista-biologico

Para conhecer os benefícios de um tratamento realizado por um dentista biológico, acompanhe este artigo, que conta com a participação da Dra. Elisa Baumgarten, dentista biológica da Clínica Aqua Vitae.  Você nunca mais irá adiar a visita ao consultório!

Ouça este conteúdo

Como atua um dentista biológico?

Assim como um dentista convencional, o dentista biológico intervém em distúrbios estéticos, funcionais e anatômicos da boca e da face. A diferença é que, ao se deparar com uma anomalia da saúde oral, ele investiga suas causas subjacentes e busca as soluções que mais se adequam àquele paciente com menos efeitos colaterais.

Por isso, sua atenção não se restringe, simplesmente, aos motivos que levaram o paciente a procurar ajuda — como cáries, doença periodontal ou um desejo de melhorar a estética bucal.   Ele trata a saúde como um todo e não resolve, apenas, um sintoma isolado.

Por exemplo: um especialista em ortopedia funcional dos maxilares vai atuar na boca instalando um aparelho móvel funcional.  Um ortodontista vai instalar um aparelho fixo para alinhar os dentes.  Já um dentista biológico em Aqua Vitae vai tentar entender a causa da necessidade desse aparelho.  Vai analisar a postura física, a respiração, a função mastigatória, o biótipo do paciente, a anatomia bucal, para encaminhar o tratamento das causas, concomitantemente ao tratamento ortodôntico/ortopédico, o que evita as famosas recidivas, tão comuns nessa área.  O dentista biológico vai acompanhar as melhoras gerais do paciente, que devem ocorrer durante o tratamento, físicas e psicológicas.  Um tratamento desse tipo melhora dores orofaciais, postura física e dores físicas em geral, respiração, sono, fala, hábitos de alimentação, digestão e sim, até as questões psicológicas.  Não é incomum terminarmos um caso de Ortopedia Funcional dos Maxilares ao mesmo tempo que se encerra o  tratamento psicológico ou psiquiátrico desse paciente.

 

Como o atendimento se diferencia?

Tratamentos de canal, restaurações, tratamento periodontal, próteses são feitos da forma convencional, porém sempre usando produtos sem impacto tóxico fisiológico; tudo que é usado no paciente é pensado e repensado.

A remoção dos amálgamas (as restaurações escuras antigas que contêm mercúrio) são feitas com o protocolo da remoção segura de amálgama do IAOMT (retirada segura dos amálgamas), para que o paciente e a equipe não inalem os vapores tóxicos desse metal pesado, cujos resíduos são filtrados e não lançados no meio ambiente.  Na hora de refazer as restaurações, os cuidados continuam. A resina não pode conter BPA (bisfenol A) e o uso de fluoretos também é evitado. Cáries são evitadas não mais com os fluoretos tóxicos, mas com o aconselhamento inteligente da alimentação e com suplementação vitamínica adequada depois de avaliados os exames bioquímicos.  Usamos produtos de ozônio nos nossos tratamentos clínicos. Nossos medicamentos de escolha são fitoterápicos ou homeopáticos sempre que possível.

Nossos reveladores/fixadores e películas de chumbo das radiografias são coletados de forma muito cuidadosa e o descarte é feito de forma a não impactar o meio ambiente.  Somos ZeroLixo, evitamos todo uso de materiais e descarte irresponsável, porque o que jogamos na Natureza retorna para nós.

Quais especialistas costumam ser parceiros?

Conforme os tratamentos variam, o time de profissionais se altera. Além dos especialistas mencionados abaixo, há situações em que são usados recursos como a acupuntura bucal ou auricular, fitoterapia, homeopatia, entre outros, listadas na como terapias das Práticas Integrativas e Complementares.  Nesses casos, a vantagem é a redução de anti-inflamatórios, corticoides e antibióticos — ministrados normalmente de forma indiscriminada e responsáveis por uma  extensa gama de efeitos colaterais.

Além desses terapeutas, médicos funcionais, integrativos, psiquiatras, otorrinolaringologistas, psicólogos, nutricionistas, ortoptistas, fisioterapeutas, osteopatas, quiropratas, fonoaudiólogos, entre outros, são parceiros do dentista biológico. Todo esse time de profissionais parceiros tem em comum a visão do paciente como um todo

Como o dentista biológico se relaciona com o paciente?

O dentista biológico se preocupa em educar seus pacientes. O intuito é criar a consciência das relações entre hábitos de vida e saúde odontológica. Reforça a importância de uma alimentação funcional, integral, orgânica, a necessidade da prática de atividades físicas regulares, ter boas noites de sono e manter os hábitos de higiene bucal precisos e adequados à cada faixa etária e situação.

Mesmo que a ida ao consultório tenha motivação estética, o dentista biológico sempre considera a saúde integral do paciente ao traçar seu diagnóstico e respectivo tratamento. Ele procura atuar da forma mais individualizada e saudável possível. Com isso, ao combinar saberes odontológicos, biológicos, bioquímicos e humanos, o equilíbrio físico e psíquico do paciente é promovido através do tratamento odontológico.

Para entender melhor como a odontologia biológica pode ser colocada em prática, continue navegando. Conheça a Clínica Aqua Vitae e o trabalho da Dra. Elisa Baumgarten!

Escrito por:
Dra. Elisa Baumgarten
CRO/SC 8.724

Dra. Elisa Baumgarten é formada em bioquímica e odontologia, pela USP, mestre em Bioquímica, pela Universidade de Cambridge, e especialista em Homeopatia. O motor da sua prática sempre foi a Consciência Bucal: ensinar seu paciente  a ter saúde e entender o que ocorre em sua boca para saber administrá-la de forma inteligente, sem dogmas. Saiba mais sobre a Dra. Elisa.