Mulheres que correm com os lobos

Clarissa Pinkola Estés, autora do livro Mulheres que correm com os lobos observou que os lobos saudáveis e as mulheres saudáveis têm certas características psíquicas em comum. Ela os relacionou com verdadeiros tesouros das mulheres, que servem de inspiração para homens e mulheres dispostos a conhecer sua natureza selvagem:

  • Percepção aguçada, espírito brincalhão e uma elevada capacidade para a devoção;  
  • Os lobos e as mulheres são gregários por natureza, curiosos, dotados de grande resistência e força;
  • São profundamente intuitivos e têm grande preocupação para com seus filhotes, seu parceiro e sua matilha;
  • Tem experiência em se adaptar a circunstâncias em constante mutação;
  • Têm uma determinação feroz e extrema coragem;
  • Tanto lobos como mulheres foram perseguidos e marginalizados. As mulheres consideradas menos importantes que os homens e os lobos considerados agressivos e predadores.

Inspiradas por esse belíssimo trabalho e na fundamentação teórico-prática da Psicologia Analítica de Jung, as psicólogas Adriana Bolis e Elaide Labonde coordenam um grupo de leitura e autoconhecimento.

O grupo atualmente se dedica à leitura do livro Mulheres que correm com os lobos, uma excelente fonte de autoconhecimento e reflexão tanto para mulheres, quanto para homens que desejam conhecer-se melhor e aprender um pouco mais sobre seu mundo psicológico.

 

ADRIANA BOLIS  CRP 12/14.792

ELAIDE LABONDE CRP 08/18.170

Falar pelo WhatsApp